Fluidr
about   tools   help   Y   Q   a         b   n   l
User / SINDO MOSTEIRO / Sets / Reloxos de sol
Sindo Mosteiro / 24 items

  • DESCRIPTION
  • COMMENT
  • MAP
  • O
  • L
  • M

Vede-me de si mesmo o tempo conta
E para dar-se pede a conta tempo,
que quem gastou sem conta tanto tempo;
como o dar sem tempo tanta conta.

Não quer louvar o tempo, tempo em conta,
Porque conta não faz de dar ao tempo,
Em que só para conta havia tempo,
Se na conta do tempo, houvesse conta.

Mas que conta dar a quem não tem tempo
em que tempo [andava] quem não tem conta
a quem sem conta vive falta tempo.

Vejo-me sem ter tempo e sem ter conta
Sabendo que ei de dar conta do tempo
E que se há de chegar tempo da conta.

[Anônimo, Códice 13.217, in: Cancioneiros do século XVI e XVIII]

MÚSICA: Henry Purcell - An Evening Hymn, interpretado por Emma Kirkby
youtu.be/Qjc0qug-1NQ

  • DESCRIPTION
  • COMMENT
  • MAP
  • O
  • L
  • M

Este magnífico exemplar de reloxo de sol, probablemente procedente dalgún pazo ou casa grande, está hoxe en día nunha eira do lugar do Facho, na parroquia de Castrelo do concello de Cambados, acompañando a outros elementos singulares tamén trasladados aquí desde outro lugar, un piorno e un cruceiro entre eles.

MÚSICA: Suantrai - Nightnoise
www.youtube.com/watch?v=dsxwhco_bXk&feature=share&amp...

N 11 B 482 C 4 E Aug 8, 1998 F Dec 18, 2016
  • DESCRIPTION
  • COMMENT
  • MAP
  • O
  • L
  • M

Fotografía tomada cunha Sony Digital Mavica MVC-FD7 no 8 de agosto de 1998.

Ah! Os Relógios

Amigos, não consultem os relógios
quando um dia eu me for de vossas vidas
em seus fúteis problemas tão perdidas
que até parecem mais uns necrológios...

Porque o tempo é uma invenção da morte:
não o conhece a vida - a verdadeira -
em que basta um momento de poesia
para nos dar a eternidade inteira.

Inteira, sim, porque essa vida eterna
somente por si mesma é dividida:
não cabe, a cada qual, uma porção.

E os Anjos entreolham-se espantados
quando alguém - ao voltar a si da vida -
acaso lhes indaga que horas são...

Mário Quintana (1906-1994), in 'A Cor do Invisível'

MÚSICA: Cecile Corbel - Blackbird
youtu.be/m7EWGD7d0mQ

  • DESCRIPTION
  • COMMENT
  • MAP
  • O
  • L
  • M

Este piorno situado no lugar do Couto de Abaixo, na parroquia de Castrelo do Concello de Cambados, é un dos poucos exemplares desta área que incorporan un reloxo de sol enriba das sobrepenas, todo un adianto e un signo de ostentación para o seu dono.

MÚSICA: OS CEMPES - Mirandesa
www.youtube.com/watch?v=o1jAn2WmvbM&feature=colike

Tags:   arquitectura tradicional galega hórreo cambados castrelo

  • DESCRIPTION
  • COMMENT
  • MAP
  • O
  • L
  • M

Vixiade e pregade porque non sabedes cando vai ser a hora.

Evanxeo de Marcos, 13, 33

MÚSICA: John Dowland - Come again: sweet love doth now invitehttps://youtu.be/Bg30Gf_6izc


20.8%